imprensa

30/07/2018

Prefeitura entrega as chaves de 15 moradias populares por meio do Programa Minha Casa Minha Vida

A vida de 15 famílias brusquenses foram definitivamente transformadas a partir desta segunda-feira (30). Receber as chaves da casa própria parecia um sonho distante para pessoas como Priscila Pinto Machado, que ainda em 2011 havia se inscrito no “Programa Minha Casa Minha Vida”. Agora, sete anos mais tarde, ela pôde comemorar, junto com outras 14 famílias de Brusque, a conquista da nova moradia.

Priscila foi uma das agraciadas com a entrega de 15 chaves de casas próprias por parte da Prefeitura de Brusque, por meio da Secretaria de Assistência Social e Habitação. “Estou muito feliz, cheguei em Brusque em 2010 e desde então pagava aluguel. Com certeza é um sonho sendo realizado”, diz ela.

Sobre a entrega
O ato de entrega das chaves foi realizado por autoridades em cerimônia no salão nobre da Prefeitura de Brusque. O prefeito Jonas Paegle afirma que é um momento importante para o município. Ele destaca que a entrega das chaves está dentro da programação oficial do aniversário de 158 anos da cidade, que será comemorado no próximo sábado, 4 de agosto. “São 15 famílias que a partir de hoje terão a sua casa própria e darão adeus ao aluguel, e isso nos deixa feliz. Pessoas que têm um sonho sendo realizado. Com certeza é uma grande satisfação como prefeito da cidade participar deste momento”.

O secretário de Assistência Social e Habitação de Brusque, Deivis Junior, comenta que esse processo começou com a retomada destes imóveis pela Caixa Econômica Federal. No total, foram 21, todos no residencial do bairro Cedrinho. Além dos 15 entregues nesta segunda, outros 6 estão em fase final do processo para que também sejam entregues. “É muito gratificante poder participar deste momento de alegria para estas pessoas. São pessoas que tinham o aluguel diário comendo todo dia em suas mesas e agora passam para uma situação de terem a casa própria. Com certeza é um momento muito marcante”, ressalta.

Segundo o secretário, a prefeitura ainda pretende liberar novos imóveis nos próximos meses. “Outros projetos habitacionais ainda virão por ai. Algumas unidades serão liberadas pela própria Caixa, tanto no Cedrinho quanto na Limeira. A prefeitura também está mapeando terrenos que pertencem ao município para que possamos posteriormente ter um projeto habitacional que atenda outras pessoas”, adianta Deivis.

Nesta iniciativa, a prefeitura ficará responsável pela concessão do terreno e o projeto, enquanto o morador beneficiado arcará com a construção da obra. “Nas últimas semanas, já fizemos o recadastramento para atualização do nosso banco de dados. Esse cadastro será fundamental para que as pessoas que ainda não tem a casa própria possam ter esse benefício”, ressalta.